Disney com crianças: melhores dicas para uma viagem tranquila

Viajar para a Disney com crianças é um sonho para muita gente, e por isso decidimos ajudar!

Disney com crianças é uma viagem complexa de planejar, pois temos que nos adequar aos horários dos pequenos, pensar na logística dos carrinhos, alimentação, e tudo mais. E em toda essa confusão, o planejamento dos parques pode ficar de lado, algo que deveria ser priorizado no caso de viagem com crianças.

Pensando nisso, separamos algumas dicas ideias para viajar com seus filhos.

Dá só uma olhadinha:

> Leve lanchinhos para os parques!

 Se os adultos se empolgam ao visitar os parques de Orlando, imagina as crianças!

Mas, na euforia dos passeios, elas costumam esquecer de beber água e comer durante o dia. Por isso, fica como tarefa dos adultos lembrá-los e cuidar da alimentação entre uma atração e outra.

Para não perder tempo em filas e pagar preços absurdos em sucos e frutas dentro dos parques, a dica é simples: leve frutas picadas, barrinhas de cereal e até mesmo sanduíches!

São lanches leves de levar na mochila, e tranquilos de comer, sem ter que parar o que estão fazendo para ter uma refeição. Isso é tão comum, que nos supermercados de Orlando você encontra potinhos com frutas picadas, prontas para esse tipo de lanche! 

> Baby Care Center – o que é? como funciona?

Pouca gente sabe, mas todos os parques da Disney são mais do que preparados para receber crianças – inclusive as mais novinhas! Os quatro parques possuem um Baby Care Center, que é um espaço destinado exclusivamente para mães e crianças.

Nesta espécie de casa, as crianças podem descansar, tirar um cochilo, trocar as fraldas, entre outras mil funções! Além disso, você também pode amamentar em uma sala separada, com cadeiras adaptadas e perfeitas para deixar a criança e a mãe confortáveis.

*Cada parque possui um Baby Care Center, então basta perguntar a qualquer funcionário da Disney, que ele saberá te guiar até lá.

> Como usar o Rider Switch

Provavelmente a dica mais importante deste post!

Agora você deve estar se perguntando por que o Rider Switch é tão indispensável em uma viagem com crianças, e nós vamos explicar tudo.

Se você e as outras pessoas da sua viagem quiserem ir a uma atração que a criança não possa ou não queira ir, é possível revezar quem fica com a criança e os dois adultos vão na atração, pegando apenas uma fila.

E para usar o famoso Rider Switch (na Universal é chamado de Child Swap!), basta chegar ao funcionário da atração e dizer que gostaria de um Rider Switch. E pronto – ele vai te direcionar à fila correta!

Ah, e para que a última pessoa a entrar na atração não tenha que ir sozinha, o Rider Switch pode ser usado por até 2 pessoas do grupo. Ou seja, algum sortudo poderá repetir a atração!

Se quiser entender melhor como o Rider Switch/Child Swap funciona, este post explica tudinho!

> Pesquise com antecedência as atrações que as crianças podem ir!

Passear pela Disney com crianças é uma experiência e tanto. E para não deixar nada atrapalhar a viagem, pesquise bastante e monte o planejamento da forma mais precisa possível.

Se você não quiser ter surpresas na hora de ir a uma atração e ver que seu filho não pode ir, indicamos fortemente que você dê uma olhada nessa tabela que fizemos.

Listamos todas as atrações com restrição de altura de todos os parques de Orlando e região, para que o planejamento fique completinho!

> Não desespere! Saiba o que fazer em caso de crianças perdidas.

Os parques de Orlando são muito grandes e muito cheios, então se perder da criança (ou dos pais) pode ser algo bem comum. Mas fique tranquilo: todos os funcionários estão preparados para lidar com essa situação! Segue algumas dicas para lidar com isso, caso aconteça:

• Marque um ponto de encontro com todos do grupo. Mas tome cuidado com lugares genéricos! Algo como “em frente o castelo da Cinderela” pode não funcionar, pois a área é muito grande. Recomendamos que seja alguma lixeira específica, ou a porta de uma atração ou loja (cuidado com lojas que possuem mais de 1 entrada – deixe bem claro qual deve ser o ponto!).

• Explique à criança como os funcionários do parque se vestem. Todos possuem um tipo de broche no lado esquerdo do peito, perto ao coração, chamado de “nametag”. Nela você encontra o nome e os idiomas que o funcionário fala, o que pode ajudar muito em casos de pessoas que não falam inglês! Apresente um funcionário à criança e faça com que ela entenda a nametag. Uma opção extra é deixar um bilhete com seu nome e número de telefone com a criança, para que ela possa entregar a um funcionário.

Tire uma foto da criança antes de entrar no parque! Essa é a dica mais importante. Com uma foto da roupa e características físicas da criança, é muito mais fácil encontrá-la. Assim que um funcionário recebe a informação de uma criança perdida, ele manda as características (roupa, altura, nome) no rádio e todos os outros funcionários do parque todo ficam sabendo, e ajudam a encontrar o pequeno!

Conheça também 9 dicas que separamos para você economizar o máximo nos parques de Orlando. 

> Conheça os personagens

Enquanto para muitos adultos a melhor parte dos parques são as atrações, as crianças costumam gostar das coisas mais mágicas.

Encontrar com personagens, portanto, é o que elas mais amam! Imagina só poder ver, conversar e abraçar com o personagem do seu filme preferido?

É incrível ver o sorriso das crianças quando são postas frente a um personagem tão importante!

Tem mais alguma dica? Compartilhe com a gente nos comentários!

 

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE...