O que fazer em Paris de graça

O que fazer em Paris de graça? 20 passeios e atrações gratuitas em Paris

O que fazer em Paris sem gastar muito dinheiro e aproveitar ao máximo?

Paris é conhecida por ser uma cidade cara, mas o que poucas pessoas sabem é que é perfeitamente possível aproveitar a cidade sem gastar um centavo.

Não deixe que um orçamento baixo te desanime de visitar Paris. A cidade é maravilhosa e tem muito passeios gratuitos para você aproveitar. E com o dinheiro que sobrar, você ainda aproveita os vinhos e gastronomia que a cidade tem a oferecer!

Montamos uma lista com 20 atrações e passeios gratuitos em Paris que envolvem gastronomia, arte, arquitetura e visitas a ruas imperdíveis. Eles vão te fazer sentir em casa quando estiver visitando essa cidade maravilhosa e cheia de cultura.

Escolha aqueles que mais te agrada, coloque um sapato confortável e vá explorar Paris!

 

VEJA TAMBÉM UM GUIA COM TUDO QUE UM TURISTA PRECISA SABER SOBRE O METRÔ DE PARIS

Catedral de Notre Dame de Paris
Localizada próxima ao rio Sena, a catedral é um dos locais mais visitados em Paris, e sua entrada é gratuita. Você só pagar se quiser subir no topo da torre. A dica é ir bem cedinho, pela parte da manhã, para evitar longas filas. Quando estiver lá dentro, não tenha pressa de ir embora! A arquitetura da Catedral é cheia de detalhes incríveis.

> Parque Champ de Mars
Localizado aos pés da Torre Eiffel, este parque pode te proporcionar uma vista impressionante do show de luzes da Torre. Champ de Mars tem um grande gramado com canteiros com flores, perfeito para deitar com os amigos e tomar um vinho, um queijo e aguardar o show de luzes ao entardecer.

> Museu de Arte Moderna da Cidade de Paris
Se você ainda tem dúvidas de o que fazer em Paris no quesito arte, o Museu de Arte Moderna pode te ajudar. Com a entrada gratuita e um guia por áudio por apenas 5 euros, a experiênciaLá dentro você encontra diversas obras conhecidas, como o cubismo de Braque e o expressionismo de Matisse.

> Cemitério do Père-Lachaise
O ponto permite que você encontre grandes nomes literários, como Proust e Balzac, e ícones como Oscar Wilde, Edith Piaf e Jim Morrison. As avenidas arborizadas e as sepulturas, que são uma verdadeira obra de arte, fazem com que o cemitério seja um dos locais que mais atrai turistas em Paris.

> Mercado Aligre
Neste mercado você encontra tudo da melhor qualidade que remete Paris. Pães, queijos, frutas e verduras frescas, uma variação incrível de embutidos e muito mais. É difícil sair de lá sem comprar algo, mas vale a pena visitar o mercado apenas para sentir a gastronomia parisiense.

sacre coeur
O que fazer em Paris de graça

> Basílica de Sacré Coeur
Com uma beleza única, a igreja é feita de mármore branco e possuiu uma grande escadaria. Seu interior é enfeitado com mosaicos de ouro e imponentes vitrais, e você também pode ouvir o som de um dos sinos mais pesados do mundo. A visita ao interior da basílica é gratuita, mas há uma taxa para subir no alto da cúpula ou explorar a cripta.

> Museu Carnavalet
Experimente um tour pela história de Paris, desde suas origens até a capital da moda e sofisticação da atualidade. Você pode passear por ele gratuitamente, mas infelizmente museu está fechado para reformas até o final de 2019.

> Vizinhança Le Marais
É o bairro que você terá a maior sensação de estar na Paris medieval. É também a região com a maior quantidade de edifícios pré-revolucionários conservados. O animado bairro de Marais é excelente para um passeio de domingo. Faça um tour do Louis XIV, visite o bairro judeu ou simplesmente aprecie as excelentes lojas vintage da vizinhança.

> Hôtel de Ville
O Hôtel de Ville é a sede da Câmara Municipal de Paris desde 1357. O edifício atual, de estilo neo-renascentista, foi construído pelos arquitetos Théodore Ballu e Edouard Deperthes no local do antigo Hôtel de Ville, que foi incendiado durante a Comuna de Paris em 1871.

Visitas à prefeitura, um lugar poderoso e de prestígio, são possíveis. As visitas guiadas são oferecidas apenas por reserva e são organizadas pelo Departamento de Protocolo da cidade. Os visitantes podem ver a sala de eventos, criada como uma réplica da Galeria dos Espelhos de Versalhes.

Infelizmente as visitas são agendada apenas para grupos. Para isso, entre em contato com o Departamento de Protocolo, no número +33 (0) 1 42 76 54 04. É aconselhado que você marque uma visita com dois meses de antecedência – no entanto, as reservas de última hora às vezes são possíveis. Idiomas falados: Francês, Inglês, Alemão, Espanhol, Italiano, Russo. A duração da visita é de uma hora.

> Parque Buttes Chaumont
Um dos poucos lugares íngremes de Paris. O parque é um lugar único e não muito visitado por turistas, ideal para um dia que você quiser fugir um pouco da agitação da cidade. Por se situar em uma região montanhosa, o parque oferece uma vista linda da cidade.

> Parque Monceau
Monceau foi construído por volta do século 17, sob as ordens do Duque de Chartres. Hoje é um dos jardins mais elegantes de Paris, um reflexo do bairro em que está situado. Os visitantes podem entrar pelos grandes portões de ferro. Andando pelo parque, você encontrará muitas surpresas bonitas: inúmeras estátuas (você pode encontrar alguns importantes como Chopin e o escritor Guy de Maupassant), um arco renascentista pertencente à antiga prefeitura de Paris, árvores espetaculares, uma grande variedade de pássaros e um grande lago. O Parc Monceau está rodeado de edifícios luxuosos e mansões, incluindo o Musée Cernuschi (Museu de Artes Asiáticas). O parque também dispõe de parques infantis para as crianças.

> Atelier Brancusi
Para os amantes de arte, você pode visitar gratuitamente as escultura de Brancusi no seu estúdio em frente ao Centre Pompidou. O escultor abstrato nascido na Romênia em 1876 ganhou fama com obras famosas como O Beijo.

> Canal St-Martin
Ande pelas margens do canal, faça um piquenique e aproveite as lojas da região. Ótimo passeio para aproveitar no final da tarde e apreciar um pôr do sol. Muitas pessoas fazem o passeio pelo canal de barco, mas nossa dica é passear a pé e apreciar o que a região oferece.

> Arènes de Lutèce
Construída no final do século I d.C, acredita-se que seja o maior anfiteatro romano já construído. Apesar de hoje em dia termos apenas as ruínas da época, vale apena a visita!

> Rue Mouffetard
Esta rua do mercado de paralelepípedos é repleta de padarias artesanais, fromageries e lojas de doces gourmet. Visite em um sábado, quando ela fica cheia de degustações e vendinhas de rua.

> Vizinhança de Belleville
Um bairro com uma história de rebeldia e talento multicultural. A agitada Chinatown de Belleville e os artistas residentes tornam este local animado para explorar. Caminhe pela Rue de Belleville e depois vire à direita na rua de pedestres Dénoyez, onde você encontrará a arte de rua mais deslumbrante de Paris. Termine a sua visita à vizinhança no Parc de Belleville, que possui uma vista espetacular da cidade, inclusive da Torre Eiffel.

> La Promenade Plantée
Inaugurado em 1993, o parque linear elevado de 4,7 km foi construído sobre uma infra-estrutura ferroviária obsoleta. A passarela oferece uma vista espetacular enquanto você caminha por um ambiente arborizado acima da cidade. Você pode subir nela a partir da Avenue Daumesnil, perto da estação de metro da Bastille.

> Museu da Vida Romântica
Se você está em Paris para o romance, não há lugar mais agradável do que este museu dedicado a dois artistas ativos durante a era romântica: o escritor George Sand e o pintor Ary Scheffer. O museu antigamente foi residência de Ary Scheffer.

> Jardin des Tuileries
Não vá a Paris sem passar pelo parque histórico entre o Louvre e a Place de la Concorde. Ande por onde Maria Antonieta passou, e veja onde Napoleão construiu seu arco triunfal.

> Cemitério do Montparnasse
O local de descanso final para centenas de parisienses glamorosos e intelectuais (Jean-Paul Sartre, Simone de Beauvoir e Samuel Beckett, etc.), o cemitério de Montparnasse é menos ostentoso do que o Père-Lachaise, mas perfeito para um passeio durante o dia.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE...